Skip to content

Azazel

AZAZEL, também conhecido como ZAZEL, SAMYAZA, SAMYAZAZEL, SHAMGAZ, SHEMYAZA, SHAMYAZA, SHEMIHAZAH, SHAMASH (Babilónia), UTU (Suméria, O Iluminado) *, SAMAS (em acádio), BABBAR (Suméria), Ashur (Asíria), SHAMIYAH (Hathras), SEMJAZA.

  • Signo: Capricórnio/Aquário (ambos em 1-10 graus
  • Carta de Tarô: Ás de Espadas
  • Planeta: Saturno, o Nodo Sul (Cauda do Dragão)
  • Cor das velas: Azul, Preto
  • Metal: Chumbo
  • Elemento: Ar
  • Símbolos: A águia e o escorpião; O Faravahar (ver abaixo)
  • Número: 20
  • Ranque: Portador Chefe do Estandarde do Exército Infernal
  • Azazel trabalha diretamente com Satan, ele é responsável pela segurança no Inferno.

* A descrição acima, ele ditou para mim, pessoalmente.

Suma Sacerdotisa Maxine Dietrich:
Eu conheço bem Azazel e sou muito próxima dele. Ele é um Deus de altíssima patente e importância. Ele tem 2,20m de altura, bem musculoso com cabelo loiro claro que passa dos ombros e sedoso. Ele tem olhos cinza azulados penetrantes. Ele é muito poderoso e dedicado a Lúcifer. Ele exige 100% e pode ser sério e rigoroso. Ele interagiu intimamente com seres humanos e educou-os nos tempos antigos. **Azazel NÃO é Paimon como alguns dos Grimóirios de abuso alegam. Ambos são Deuses diferentes. Azazel é um príncipe, Paimon é um rei. Azazel é de altíssima patente; MUITO próximo de Lúcifer. Ele diz que tem cerca de 60 mil anos terrestres de idade.

Azazel trabalhou extensivamente comigo nesta página. Ele me levou a muitas referências e recursos (listados abaixo) diferentes. Ele me disse para mencionar o “Código de Hamurabi”, e que o conteúdo deste documento foi drasticamente alterado ao longo dos séculos e o que temos agora não se assemelha em nada ao original. Azazel defende justiça e de nenhuma forma advoca submissão ou dar a outra face.

Embora existam algumas alegações de Azazel ser casado com várias Deusas, isso é impreciso. Azazel desposou uma mulher humana há cerca de 10.000 anos atrás.

Azazel não queria que se soubesse disso até recentemente, mas ele e sua irmã gémea Astaroth são filhos de Satan, e não netos de Belzebu. Ambos Azazel e Astaroth são muito próximos. A pintura ao lado é como ele sempre aparece para mim.

Azazel é um Deus guerreiro de justiça e verdade. Suas cidades eram Sippar, uma antiga cidade acádia na Cijordânia do Eufrates, norte da Babilónia, e Larsa/Ellasar da Suméria. Sippar fica a 32 km a sudeste de Bagdá no Iraque. Sippar foi uma das primeiras cidades estabelecidas pelos Deuses.

“O nome sumério de Elasar é dado como Ararwa, aparentemente por Arauruwa, o ‘alicerce da luz’, que de facto é o significado do grupo ideográfico com a qual está escrito. As ruínas desse antigo local agora são conhecidas como Senqara e se encontram na margem leste do rio Eufrates, a meio caminho entre Warka (Erech) e Muqayyar (Ur dos caldeus).

Além do nome Larsa, parece também ter sido chamada Aste Azaga, ‘o santo (puro, brilhante) assento’ (ou trono), e ambos os seus nomes o eram aparentemente por terem sido um dos grandes centros babilónicos de culto ao Deus-Sol.

Como a maioria das principais cidades da Babilónia, ela teve um grande templo-torre chamado E-dur-an-ki, ‘casa do vínculo do céu e da terra’. O templo da cidade tinha o mesmo nome do que está em Sippar, ou seja, E-Babbar, ‘Casa da Luz’, onde o Deus-Sol Samas era adorado. Este templo foi restaurado por Ur Engur, Hammurabi (Amraphel), Burna-Burias, Nabucodonosor e Nabonido. Entre as tabuletas encontradas neste sítio pela Loftus, havia o que dá medidas de comprimento e raízes quadradas e cúbicas, apontando o lugar como um dos grandes centros de ensino babilónico. Além dos restos desses templos, existem vestígios das paredes, e os restos de casas dos cidadãos. A cidade foi a primeira governada por seus próprios reis, mas tornou-se uma parte do império babilónico algum tempo depois do reinado de Hammurabi.” ¹

Azazel é o Deus da justiça e vingança. Ele é mestre das Artes Negras e protector dos viajantes. Seu símbolo, o faravahar (mostrado à esquerda) representa liberdade de escolha e protecção. O faravahar é o disco alado original.

Ele foi o líder rebelde dos Igigi. Azazel é também o Deus da adivinhação e foi consultado por diversos videntes. Como Divindade Chefe de Hathras, ele era conhecido como Shamiyah. Note os chifres na foto da escultura à esquerda.

Juntamente com seu avô Belzebu, ele controla o tráfego aéreo dos Deuses, vestindo seu símbolo da águia.

“Em Bad-Tibira, estabelecida como um centro industrial, Enlil colocou seu filho Nannar/Sin no comando; os textos falam dele na lista de cidades como Nu-gig (Aquele do céu noturno). Lá, acreditamos que os gémeos Inanna/Ishtar e Utu/Shamash nasceram – um evento marcado por associar seu pai Nannar com a próxima constelação zodiacal de Gémeos. Como um Deus treinado em astronáutica, Shamash foi designado à constelação Gir (significando tanto ‘foguete’ como ‘as guarras do caranguejo’ ou Câncer), seguido por Ishtar e o signo de Leão, onde ele era tradicionalmente mostrada montando-o.” ²

A bíblia judaico-cristã alega que “Azazel ensinou o homem a fazer espadas, facas, escudos e armaduras.”

Os grimórios de abuso espiritual afirmam que Azazel seja um génio que trabalha com metais, mineralogia e geologia. Isso é simbólico. Ele é mestre da alguimia, ou seja, alquimia espiritual, que tem a ver com transformar os elementos na alma humana, absorvendo energia da terra e trabalhando com a espiritualidade terrestre. Cada um dos sete chakras é representado por um metal específico. Azazel trabalho com discípulos dedicados de Satan para atingirem a Divindade.

Todo o exposto acima é espiritual. A alegação bíblica é distorcida. As “espadas, facas, escudos e armaduras” são todas armas espirituais. Ele é um especialista em planetas, constelações e astrologia. Ele também é bastante perito em artes, consmética, artesanato de ornamentos e joalheria. Azazel cria beleza.

SIGILO PRINCIPAL DE AZAZEL

SIGILO SUMÉRIO DE AZAZEL

Azazel levou-me a muitas informações detalhadas que são extensivas. Ele também tem mais de dois sigilos dos quais estarei a postar no sítio. Adicionarei mais informação a esta página posteriormente.

*Muitos dos Deuses originais eram chamados de “Os Iluminados” por causa de suas auras poderosas.

Referências:
¹ International Standard Bible Encyclopedia
² The 12th Planet, por Zecharia Sitchin © 1976

Outras referências:
Religion in Ancient Mesopotamia, por Jean Bottéro, traduzido por Teresa Lavendar Fagan, University of Chicago Press, © 2001
An Illustrated Dictionary, Gods, Demons and Symbols of Ancient Mesopotamia, por Jeremy Black e Anthony Green, © 1992
Mythology of the Babylonian People, por Donald A. Mackenzie © 1915

VOLTAR PARA DEUSES DE ALTO RANQUE E OS PRÍNCIPES COROADOS DO INFERNO

VOLTAR PARA TUDO SOBRE OS DEUSES